A DSM lançou recentemente o Sustell™. Esse serviço foi desenvolvido junto à Blonk, consultoria independente e líder em Análise de Ciclo de Vida (ACV) e desempenho de sustentabilidade nos campos de alimentos e agricultura. Construído em torno de uma Plataforma de Inteligência de última geração, que está conectada com a ferramenta Blonk-APS, juntamente com um ‘Centro de Especialistas’ formado por uma equipe especializada em ACV, nutrição animal e sustentabilidade da DSM e da Blonk, o serviço promove soluções para melhoria das pegadas ambientais na cadeia de produção de proteína.

O Sustell™ é um serviço global, construído sobre protocolos validados, metodologias de cálculo e processos comprovados que atendem aos padrões internacionais. As indústrias de proteína animal que já possuem comprometimento com a sociedade e têm objetivos claros de sustentabilidade, podem por meio do Sustell™ comprovar de forma tangível e mensurável o alcance das metas e obrigações assumidas, como promessas relacionadas a neutralidade de carbono, futuro verde e cuidados com áreas naturais, trazendo confiabilidade e segurança para investidores, consumidores e outros elos da cadeia produtiva de alimentos.

O serviço é personalizado de acordo com a necessidade de cada cliente. Para tanto, o Centro de Especialistas avalia a pegada ambiental inicial na produção animal, usando dados reais de ração e da propriedade rural, ao invés de médias do setor e conjuntos de dados genéricos. Desse modo, o time desenvolve cenários de intervenção específicos para cada caso e propõe soluções práticas para melhorias mensuráveis de sustentabilidade.

O Sustell™ combina uma ferramenta avançada e poderosa de cálculo que utiliza dados reais da produção animal, com conhecimento especializado, soluções personalizadas, práticas e sob medida, e projetos de desenvolvimento de negócios para destravar o valor da sustentabilidade.

Os principais aspectos que dão segurança e respaldo internacional ao serviço Sustell™ são:

• Conformidade com LEAP (Avaliação e Desempenho Ambiental da Pecuária) e Regras de Categoria de Pegada Ambiental de Produtos (PEFCR) da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO, sigla em inglês).

• Segue as diretrizes de cálculo do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) e alinhado com ISO 14040/44.

• Foi construído em concordância com bancos de dados confiáveis e sólidos de alimentos, ração e agricultura, como o Agri-footprint® e GFLI (Instituto Global de ACV de Ração Animal).

• Analisa o impacto ambiental de 19 categorias diferentes como mudanças climáticas, uso de recursos, escassez de água, eutrofização marinha e de água doce, esgotamento da camada de ozônio, entre outros, equivalendo-se a  a ferramenta Pegada Ambiental 2.0 de avaliação de Análise de Ciclo de Vida (ACV) do SimaPro®, proporcionando reconhecimento global para os resultados.

Durante a Digital Agro a DSM irá apresentar os movimentos do mercado que desafiam a cadeia e mostram a necessidade cada vez maior de continuar a produzir alimentos para suprir a demanda mundial, porém de forma cada vez mais sustentável e rentável tanto ao produtor, como a indústria e a população. O público irá conhecer como o Sustell™ auxilia nesse processo, além das demais soluções que a empresa já possui para sistemas produtivos mais sustentáveis.

Já fez sua inscrição? Aproveite, compre seu ingresso até o dia 30 de junho e ganhe 30% de desconto!
Acesse nosso site e confira!