O mundo hoje impõe que sejamos criativos o tempo todo! Seja qual for o cargo que ocupa, ou empresa que possua, é preciso inovar diariamente para não ficar para trás e ver a concorrência alçar voos mais altos que o seu. Esse desafio nos coloca frente a frente com inúmeras perguntas difíceis de responder e problemas, até então, sem solução. É neste ponto que o Design Thinking se encaixa perfeitamente.

Mas, o que é Design Thinking?

O design thinking é um modelo de pensamento com abordagem coletiva, foco em solucionar problemas e entregar soluções de forma inovadora. A técnica estimula o pensamento crítico e criativo, possibilitando que as ideias se organizem de maneira a estimular as tomadas de decisões.

Trata-se de uma forma de abordagem que não oferece uma fórmula específica para a implantação de algo novo. Sobretudo, possibilita as condições necessárias para a geração de insights de forma coletiva, reunindo o máximo de visões diferentes sobre um mesmo assunto.

Como o Design Thinking é aplicado?

É muito comum empresas utilizarem o design thinking para encontrar soluções para os mais variados problemas ou na elaboração de produtos e serviços. Na Frísia Cooperativa Agroindustrial, por exemplo, este modelo está sendo aplicado e promete impactar cerca de 150 pessoas ainda em 2021. “Aqui na Frísia planejamos executar 5 workshops com a metodologia de Design Thinking para este ano”, disse Fabio Solano Baptista, analista de Estratégia e Inovação da cooperativa.

Segundo o profissional, a metodologia de Design Thinking foi escolhida porque auxilia as áreas a projetarem novas ideias que possam servir como melhoria de produto ou serviço para toda a cooperativa. “Atualmente, já temos mais de 100 ideias geradas com apenas três workshops, que envolveram equipes das áreas Industriais, Assistências Técnicas e Setores Corporativos. Ao final do ano, teremos executados todos os workshops e muitas novas ideias serão registradas. Isso certamente se resultará em novos projetos e negócios para o ano que vêm”, concluiu.

Para que o processo seja aplicado corretamente é importante que toda a empresa seja envolvida, pois o design thinking valoriza o pensamento coletivo. Outro fator fundamental é seguir quatro etapas. Confira, abaixo, quais são elas.

Imersão

Como o próprio nome diz, a primeira etapa propõe que você faça uma imersão em tudo o que envolve sua empresa. Para isso, é importante ter o feedback de clientes e entender quais são suas necessidades, desejos e expectativas e não apenas o que a empresa acha que ele necessita.

Depois, observe o desempenho dos colaboradores e se aprofunde na política organizacional da empresa. Uma dica, neste momento, é realizar uma análise SWOT, que mapeia as ameaças, oportunidades, fraquezas e pontos fortes do ponto de vista interno e externo.

Ideação

Após a conclusão da imersão você já terá identificado os pontos que precisam ser melhorados. Então, é hora da ideação. Neste momento você vai produzir o máximo de ideias que possam colaborar com as melhorias necessárias.

Prototipação

Depois de reunir o máximo de ideias que conseguir, é importante passar um filtro e selecionar as que o grupo considera com maior chance de sucesso.

Se você está desenvolvendo um produto, por exemplo, essa é a hora de investir em um protótipo, ou seja, uma versão não definitiva. Faça testes e defina se o projeto está finalizado ou se ainda existe a necessidade de ajustes.

Se for desenvolvido um serviço, elabore um protótipo abstrato e simule ações reais para saber se ainda são necessárias adaptações.

Desenvolvimento

E, finalmente, chegamos à fase de desenvolvimento. Tire as ideias do papel e vá para a prática! Se o intuito for lançar um produto ou serviço, conte com os setores de comunicação e publicidade para fazer o lançamento.

Quais as vantagens do Design Thinking

Além de solucionar problemas de maneira prática e objetiva, um grande benefício dessa abordagem é o seu custo. O Design Thinking quase não gera despesas e o potencial de retorno é grande. Outro ponto importante para a empresa é que o método pode destacá-lo entre os concorrentes. Isso porque o pensamento criativo vai te dar os caminhos para conquistar cada vez mais clientes.

Aos colaboradores, o ganho também é grande. O Design Thinking vai agregar valor em todas as áreas da empresa, fazendo com que os colaboradores se sintam mais motivados e valorizados pela empresa.

E, finalizando, o maior diferencial do Design Thinking é a sua eficiência em encontrar soluções para questões mais importantes da empresa, o que é fundamental para o desenvolvimento a longo prazo.

Você já conhecia o Design Thinking?
Saiba que o processo não termina aqui. É muito importante fazer o monitoramento constante para observar o sucesso ou se há necessidade de melhorias.

Gostou deste conteúdo?
A Digital Agro está na semana das Metodologias de Gestão. Por isso, preparamos conteúdos especiais sobre diferentes métodos que podem impactar positivamente na produtividade e gestão de sua empresa. Fique ligado no Digital Agro News para não perder nada.