O mercado das carnes plant-based está cada vez mais aquecido e muitas pessoas estão mudando mudando o perfil de sua alimentação. De olho nessa tendência a startup Current Foods, dos Estados Unidos, desenvolveu atum e salmão à base de plantas e não são só os consumidores que estão gostando disso, mas também os investidores.

De acordo com informações do site da Forbes, a empresa acaba de fechar uma primeira rodada de investimentos de US$ 18 milhões (cerca de R$95 milhões) liderada por uma empresas do Vale do Silício e formadores de opinião cultural. Entre os investidores estão o sócio-gerente da GreatPoint Ventures Ray Lane, Union Grove Venture Partners, Electric Feel Ventures, Astanor Ventures, bem como o 12 vezes All-Star da NBA, armador Chris Paul.

Os principais produtos da startup estão disponíveis em restaurantes finos, como o famoso chef Matthew Kenney’s restaurantes.

De acordo com Eric Archambeau, cofundador e sócio da Astanor Ventures, uma das investidoras, a Current Foods essa pode ser uma solução real para as atuais crises ambientais e de saúde. “Através de todos esses fatores, o salmão e o atum da Current Foods estão claramente acima de outros produtos em sua categoria”, disse Archambeau.

Divulgação

Segundo Current Foods o valor angariado irá colaborar no lançamento do salmão defumado no varejo, a expansão global no mercado japonês e o refinamento contínuo dos produtos da empresa. O objetivo é atingir 50% do mercado de frutos do mar.

“Salmão e atum são um mercado bastante grande, então o crescimento [em vez de se ramificar em outras categorias de frutos do mar] é um grande foco para nós agora”, disse o empresário Jacek Prus. Ele explica que o primeiro ingrediente de seu produto é a água, o segundo é a proteína de ervilha, mas processada de maneira diferente da proteína de carne moída [à base de plantas].

“Os lipídios vêm dos óleos de girassol e algas, que realmente dão aos nossos produtos Omega-3 e Omega-3 DHA – o benefício nutricional pelo qual os frutos do mar são famosos. Também projetamos nosso produto para funcionar de maneira semelhante: nossos produtos feitos sem colesterol são ricos em fibras e mais baixos em sódio do que o salmão defumado comum”, revelou.

O preço dos frutos do mar aumentaram nos EUA devido à inflação. Porém, isso pode beneficiar o setor alternativo do segmento. Os preços de frutos do mar frescos aumentaram 12,1% em média nos últimos anos, para US$ 8,51 (R$ 45) por unidade em março de 2022, mostraram dados recentes do IRI e 210 Analytics. “Os frutos do mar são de longe o maior segmento de aumento de preços porque tem uma cadeia de suprimentos pouco desenvolvida, mas podemos nos dar ao luxo de expandir nossos negócios com margens saudáveis”, disse Prus.

O próximo passo da Current Foods é expandir o mercado e ofertar o atum e salmão em mais restaurantes e locais que os compradores possam acessar facilmente. “Nossos produtos ficarão cada vez melhores. No futuro, também lançaremos um filé de salmão que você pode cozinhar em casa”, finalizou.

(Com informações da Forbes)