O metaverso — conceito que mistura ambientes virtuais com realidade aumentada — foi um dos temas mais comentados no mundo nos últimos meses. Parte desse boom aconteceu logo após o Facebook anunciar a troca de nome para Meta, em outubro de 2021. De lá para cá, muitas empresas começaram a pensar qual seria a melhor forma de entrar no metaverso e uma rede brasileira de hortifruti encontrou o caminho certo.

A rede Hortifruti Natural da Terra anunciou recentemente o lançamento do Quintal Virtual. Trata-se de um ambiente imersivo, que conecta a realidade do varejo físico ao digital de uma maneira inovadora. Neste projeto, o cliente pode ter uma experiência de compra por meio da realidade virtual e da realidade aumentada. O projeto foi desenvolvido em parceria com a Fábrica de Startups, innovation studio.

“O programa que realizamos com a Hortifruti Natural da Terra foi importantíssimo para pensarmos em uma forma de atrair a atenção do consumidor e oferecer uma experiência única. Não só de compras, mas sensorial por meio da tecnologia”, Disse Hector Gusmão, CEO da Fábrica de Startups.

Imagem: Divulgação

Em um primeiro momento, o Quintal Virtual estará disponível para experimentação apenas na loja no Leblon, no Rio de Janeiro. Essa experiência servirá como base de distribuição para os moradores locais. Lá a experiência será feita com óculos de realidade virtual. Mas o cliente também poderá acessar de casa, sem óculos, usando uma URL pelo computador ou smartphone.

Basta o cliente digitar seu Cep para ter acesso a um ambiente online de compras que se assemelha a uma grande floresta. Essa escolha, segundo os desenvolvedores, foi feita para permitir uma experiência de compra única, que fosse conectada com a natureza.

Ao clicar no item desejado o cliente visualiza o valor e a descrição, e definirá a quantidade a ser adicionada no carrinho virtual. Ao finalizar a compra, automaticamente os produtos já estarão disponíveis para o cliente levar (se ele estiver usando a solução na loja) ou para envio (se for via delivery).

“Estamos presenciando uma verdadeira transformação digital em todos os setores da sociedade, e isso é muito positivo, uma nova forma de nos conectar ao público consumidor e inovar a experiência de compra do cliente em qualquer local, inclusive na loja física”, revelou Fábio Amorim, CEO da rede Hortifruti Natural da Terra.

Segundo a rede de hortifruti, atualmente, as vendas por canais digitais — site e app próprios, Whatsapp, marketplaces, Rappi e iFood — representam 16% do faturamento da empresa. O objetivo agora é chegar de 20% a 25% das vendas por canais digitais já no quarto trimestre de 2022.

“Queremos criar um lugar onde o foco seja a experiência e a conveniência do cliente. Por isso a ideia de um modelo figital — aquele que conecta o ambiente digital com o físico”, disse Fernanda Coelho, consultora de Inovação da rede de hortifruti.

(Com informações Exame)