Tem unicórnio novo na área! A Neon, fintech brasileira, anunciou nesta segunda-feira (14) ter se tornado o mais novo unicórnio do país. Isso aconteceu após uma rodada série D de US$ 300 milhões (R$ 1,6 bilhão na cotação atual), realizada pelo banco espanhol BBVA.

As empresas unicórnios são aquelas startups que atingem uma avaliação de mercado de ao menos US$ 1 bilhão. “O investimento acontece em meio a um contexto de disrupção tecnológica sem precedente, com crescimento sólido de modelos digitais e inovadores especialmente entre os serviços financeiros. Além de um comprometimento claro com a inovação, o investimento permite que o BBVA ganhe exposição ao varejo bancário brasileiro, um dos mercados com maior potencial no mundo”, disse o banco em comunicado divulgado à imprensa.

Criada em 2016, a Neon é um banco digital que fornece serviços financeiros para pessoas físicas e jurídicas de pequeno porte, como contas digitais gratuitas, empréstimos pessoais e cartões de débito e crédito. Atualmente ela possui 15 milhões de clientes, e seu faturamento cresceu três vezes em 2021. São mais de de R$ 5,8 bilhões em transações movimentadas por mês.

Após a série D, o BBVA ficou com uma participação de 29,7% na Neon. Com este investimento, a Neon já captou R$ 3,7 bilhões desde 2016. O dinheiro captado será investido em marketing, produto, tecnologia e caixa. “Queremos atingir mais brasileiros, contribuindo para a redução da desigualdade e fazendo a diferença em suas vidas. A Neon vai continuar a crescer rapidamente e a entregar seu propósito”, escreveu Pedro Conrade, fundador da Neon, no comunicado do BBVA.

(Com informações de InfoMoney)