Uma startup brasileira, que atua com bolsa digital de commodities recebeu recentemente um aporte de R$ 23 milhões. A Gavea Marketplace, que possui uma plataforma baseada em inteligência artificial e tecnologia blockchain, agora pretende se fortalecer e, inclusive, busca atuação internacional.

Com o investimento, a Gavea agora vai investir na ampliação das validações socioambientais (ESG), feitas em blockchain, e na internacionalização do produto. A startup tem a ambição de acelerar a distribuição das commodities brasileiras para a Europa e Ásia, para atingir outros mercados.

“Com o investimento da 2TM Ventures na Gavea Marketplace reafirmamos nosso compromisso em impulsionar a transformação da infraestrutura do mercado financeiro por meio da tecnologia blockchain. Estamos muito orgulhosos em fazer parte desse momento, junto com os demais investidores, e ver as soluções inovadoras da Gavea auxiliarem nesse processo de inovação”, afirmou Roberto Dagnoni, CEO da 2TM.

A Gavea foi fundada por Vítor Uchôa Nunes, ex-diretor executivo do BTG Pactual, e atualmente possui dois outros sócios: Diogo Iafelice, diretor comercial, e Bruno Holtz, que comanda a área de tecnologia. “Estamos animados por levantar uma rodada de estágio inicial tão relevante, e ainda mais animados por contarmos com um time robusto de investidores, com grande conhecimento de mercado”, comentou Nunes.

A plataforma inédita para a negociação de commodities foi lançada em fevereiro de 2021. Trata-se de uma bolsa digital que foi desenvolvida utilizando a tecnologia blockchain. Segundo os criadores, a solução garante segurança, rastreabilidade e escala a esse segmento tão arriscado.

Em menos de um ano a empresa atingiu mais de US$ 1,5 bilhão em ordens de compra e venda, correspondentes a mais de 4 milhões de toneladas de produtos, e tem inserção em nove estados do país — Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rondônia, Piauí e Maranhão.

“O mercado Agro representa mais de 26% do PIB brasileiro o que mostra a magnitude das oportunidades que podem ser exploradas. Identificamos na Gavea um time experiente que, aliado a uma oferta de um produto diferenciado, resultam em uma grande combinação para atingir a liderança no segmento de comercialização de commodities”, comenta Marcelo Sato, sócio da Astella, uma das empresas investidoras.

A plataforma permite que os compradores e vendedores saibam com quem estão negociando, oferece transparência na origem dos produtos e não coloca intermediários no meio do caminho. As compras podem ser feitas à vista ou a prazo, em reais ou dólares, com contratos 100% digitais.

(Com informações de Startupi)