Uma pesquisa conduzida pelo IMARC Group e intitulada “Agricultural Robots Market Size: Global Industry Trends, Share, Size, Growth, Opportunity and Forecast 2021-2026”, mostrou que o mercado de robôs agrícolas deve quadruplicar em cinco anos. Segundo o relatório ele deve crescer 25,5% ao ano até 2026 e saltar dos atuais US$ 5,4 bilhões (R$ 29,9 bilhões) para US$ 21,2 bilhões (R$ 116,82 bilhões).

Um dos motivos para essa tendência é a crescente demanda por produtos agrícolas em todo o mundo. Isso está incentivando os agricultores a adotar máquinas modernas e robótica, substituindo muitos trabalhos manuais e convencionais.

A utilização de tecnologias colabora no aumento da produtividade do setor agrícola, aumentando os lucros a longo prazo. O trabalho exercido pelos robôs contrasta com o alto custo da mão-de-obra humana e a escassez de trabalhadores qualificados.

Outro razão é que essas inovações equipadas com GPS e sensores especiais são importantes fatores, que realizam uma análise detalhada e vai além do que o olho humano é capaz, sendo indispensáveis no atual cenário do agro. Os robôs agrícolas são máquinas autônomas utilizadas para melhorar a qualidade e eficiência do rendimento, reduzindo a dependência do trabalho manual, aumentando a produtividade geral da colheita e a sustentabilidade.

Entre os trabalhos realizados pelas máquinas podemos destacar: o plantio, mapeamento de campo, controle de ervas daninhas, colheita, coleta de dados aéreos, fertilização e irrigação, análise de solo, monitoramento ambiental, monitoramento na pecuária, ordenha, alimentação, entre outros.

De acordo com o relatório, espera-se que nos próximos anos sejam feitos investimentos crescentes de vários fabricantes em atividades de pesquisa e desenvolvimento (P&D) para a introdução de uma nova geração de robôs agrícolas.

A pesquisa de mercado foi realizada em cinco continentes, incluindo a América do Sul, e consultou 23 das maiores empresas de segmentos relacionados, como maquinários, drones, hardware, software e outras tecnologias em geral.

(Com informações Ag Evolution)