O futuro do agro já chegou, e ele veio em um avião sem piloto! Isso porque uma parceria entre a EmbraerX e a empresa do Vale do Silício Pyka resultou no desenvolvimento de uma aeronave agrícola de asa fixa totalmente elétrica e sem piloto embarcado, o Pelican.

A EmbraerX, empenhada em desenvolver pesquisas avançadas, está trabalhando ao lado da empresa americana para acelerar a chegada da inovação ao mercado da agricultura de precisão. “A EmbraerX é uma aceleradora de mercado comprometida em desenvolver soluções que possam transformar o mundo e inspirar nossos parceiros por meio de ideias inovadoras, e com determinação e criatividade”, disse Daniel Moczydlower, head da EmbraerX.

Moczydlower afirma que a inovação e capacidade tecnológica da Pyka estão alinhadas com a estratégia da EmbraerX de acelerar a criação de novos modelos de negócios por meio de parcerias com potencial de crescimento exponencial.

A aeronave autônoma, que colabora com o aumento da produtividade, eficiência de custo, segurança e sustentabilidade do agro, já está sendo testada por clientes da Pyka na América Central e o intuito é potencializar os serviços comerciais autônomos.

“Estamos extremamente entusiasmados em realizar parceria com uma das maiores empresas aeroespaciais do mundo, para viabilizar a nossa visão de trazer para o uso diário uma aeronave elétrica. Estivemos muito focados na certificação e na entrega de uma espetacular aeronave autônoma e elétrica para servir aos nossos clientes” disse Michael Norcia, CEO e co-fundador da Pyka.

Segundo ele, a parceria com a Embraer, líder da indústria e em um dos maiores mercados agrícolas do mundo, vai ajudar a escalar o negócio de aviões elétricos. “Estamos ansiosos em trabalhar com a Embraer para integrar a aviação agrícola elétrica e autônoma no agronegócio e na economia em geral”, afirmou.

A parceria está apoiada nos mais de 50 anos de história e experiência da Embraer em desenvolver aeronaves, certificar, fabricar, comercializar e oferecer serviços pós-venda.

(Com informações de Canal Tech e Pyka)