Um programa de desenvolvimento em gestão, liderança e inovação aplicados ao agronegócio foi criado pela Fundação Dom Cabral (FDC), em parceria com a AgroBravo e a Iowa State University, dos Estados Unidos. A jornada técnica internacional exclusiva garante ao participante acesso aos principais atores do agronegócio americano e do mundo.

O programa de desenvolvimento foi construído com base em três pilares: Conteúdo e Prática, Relacionamento e Desenvolvimento, e Intercâmbio Internacional. Os conteúdos dos módulos abordam estratégia e governança, mercado do agro, liderança, inovação e sustentabilidade aplicados ao agronegócio em formato experiencial com articulação de debates com especialistas, mesas redondas, visita a empresas, rodadas de networking e projeto aplicado à empresa em formato misto, online e presencial, com um total de 137 horas.

O programa conta com 40% de conteúdo online, com uma aula por semana às terças-feiras. O restante da jornada será feita com aulas presenciais, com dois módulos no campus da FDC em Nova Lima (MG), um módulo na cidade de Cuiabá (MT) e outro em São Paulo, capital. As aulas acontecerão de 20 de janeiro a 1º de julho de 2022.

Jornada Internacional

Os participantes que desejarem ter uma experiência ainda mais completa, podem contar com a jornada Internacional nos Estados Unidos. Ela está prevista para os dias 24 a 29 de julho de 2022. Serão seis dias com atividades em parceria com a Iowa State University nos estados de Iowa e Illinois. Alguns dos mais importantes atores do Agronegócio americano e mundial participarão de dinâmicas e interações com o grupo como Bruce Rastetter, CEO e fundador do Summit Ag Group; Kevin Kimle, diretor do Departamento de Empreendedorismo da ISU; Harry Stine, fundador da Stine Seeds; e Bradley Kissinger, diretor do Global Agriculture Center na Hawkeye Community College.

“Estamos felizes com a novidade que vai contribuir para renovar o caminho do agronegócio brasileiro. A única certeza que temos é que nesses próximos dez a vinte anos nós vamos transformar 100% esse modelo de produção e processamento do agro no mundo”, disse à revista Exame o professor convidado da FDC e coordenador do programa, Marcello Brito.

O professor destaca que é preciso acompanhar as mudanças, inovações, disrupções e novas tecnologias para construir o futuro do agronegócio transformar o Brasil em um grande celeiro do agro. Brito é pioneiro em iniciativas sustentáveis e tem atuação marcante em áreas como ESG em empreendimentos ambientais, sociais e econômicos desde 1997, sempre reunindo setor privado, ONGs e governos. É graduado em Engenharia de Alimentos, mestre em Administração de Empresas no Brasil e na França. É líder e co-facilitador da Coalizão Brasileira de Clima, Florestas e Agricultura e presidente da Administração do Agronegócio do Brasil (Abag).

(Com informações de EXAME)