fbpx
Escolha uma Página

Conheça estratégias para tornar a pecuária mais sustentável e lucrativa

por | 28 out 2020 | Sustentabilidade

A pecuária brasileira precisa se tornar mais sustentável. Existe a necessidade de alimentar o mundo e ao mesmo tempo cuidar do meio ambiente. Mas é possível melhorar os lucros com pecuária e ser sustentável ao mesmo tempo?

A resposta é sim! Ao tomar a decisão de participar da pecuária sustentável, é essencial planejar seu manejo e modernizar sua postura: invista em equipe de mão de obra e infraestrutura, busque insumos de qualidade e animais de resultados zootécnicos comprovados, avaliados e que permitam potencializar a produção de forma inteligente.

Na agropecuária 4.0 não há mais espaço para “achismo”: é necessário pesquisar, manter-se atualizado, fazer contas, investir em administração e tratar a fazenda como empresa. Isso garante maior lucratividade e eficiência ao setor. Um gestor moderno contribui para equilibrar a relação custos x retorno econômico/sustentável dentro da atividade. A relação é simples: o produtor organizado consegue produzir muito mais, consumindo uma quantidade relativamente menor de recursos e sem precisar abrir novas áreas. Para conquistar esse objetivo é preciso adotar estratégias:

Organize-se

Da sigla em inglês, a análise SWOT significa forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, e representa o ponto de partida para o gestor balancear seus pontos fortes e fracos. No mundo corporativo esse é um método que dá uma visão mais completa a respeito da empresa. Na fazenda, forças e fraquezas são matérias meramente internas, como é o caso de infraestrutura (um curral, um tronco de contenção, cercas elétricas), manejo sanitário, reserva de pasto.

Já as oportunidades e ameaças têm relação com o cenário externo (fora da porteira) e englobam seca, surtos de doenças, variações no mercado de commodities, entre outros. Tal ferramenta representa uma rápida maneira de determinar quais fatores exercem maior impacto (positivo e negativo) e antecipar tendências e soluções.

Planejamento estratégico constante

Como você vê os resultados da sua fazenda a médio e longo prazo? Na fazenda sustentável, por exemplo, o resultado começa a ganhar forma quando se consegue responder as questões:

Em quais pontos consigo aprimorar a sustentabilidade?

Onde eu quero chegar na gestão da minha fazenda?

Como vou chegar lá?

As fazendas que já são sustentáveis e lucrativas conhecem bem essas respostas e costumam gerir seus dados com planilhas e softwares. Com isso, investem bem seu dinheiro. Algumas fazem aportes em nutrição e pastagem — essas tendem a ter ganhos interessantes porque quando se coloca mais recursos em nutrição e pastagem, há um resultado positivo na produtividade, afinal, é um item que se transforma em carne ou leite. A análise dos dados irá mostrar se suas estratégias estão corretas ou se está desperdiçando recursos.

Busque informação

O acesso à internet facilitou muito a busca por informação, existem blogs e sites do Agro especializados em dicas e recomendações, que esclarecem as dúvidas mais comuns na escolha de insumos, por exemplo.

Reserve um momento do seu dia para pesquisar inovações do setor dentro e fora do Brasil, casos de sucesso inspiradores e novas tecnologias que podem ser úteis para sua atividade.

Foco na gestão

Crie metas claras e acompanhe seu negócio. Essas metas precisam ser ‘smart’, ou seja, específicas, mensuráveis, realistas, relevantes e temporizadas. Um bom exemplo de meta: “Eu quero aumentar minha lotação em duas cabeças por hectare, sem abrir novas áreas de pastagem, em até um ano e meio”.

Grandes empresas têm grandes líderes. Na fazenda, o gestor deve buscar alternativas para resolver um mesmo problema de forma mais ecológica e assertiva. Incentivar que todos da fazenda tenham senso crítico de reconhecer outras possibilidades de executar os mesmos processos. Por exemplo, se as embalagens de alguns insumos podem ser recicladas, então por que não buscar uma cooperativa de reciclagem ao invés de descartá-las como lixo comum?

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta

Hoje, o Brasil possui 16 milhões de hectares com sistemas integrados e a meta da Rede ILPF é chegar a 30 milhões até 2030. Integrar Lavoura com Pecuária traz vantagens econômicas, produtivas e sustentáveis bastante importantes: permitem intensificar o ciclo de nutrientes do solo, melhorando as condições de produtividade e o rendimento, reformar uma área de pastagem degradada e abater os custos com a venda de grãos, ao invés de abrir uma área nova.

Os benefícios funcionam mutuamente entre todas as atividades. Além disso, trabalhar com mais produtos te deixa mais seguro economicamente diante das variações do mercado.

Portanto, se você é um pecuarista que enxerga um futuro mais produtivo e lucrativo, você vai produzir e preservar ao mesmo tempo.

A pecuária sustentável brasileira se mostrou tão possível que recentemente foi liberado um fundo internacional para esta atividade, o SAFF de 68 milhões de dólares direcionados para o Brasil através da Rede ILPF. Isto só reforça a necessidade de tornar sua propriedade mais amigável com o meio ambiente e organizada para que ela se mantenha lucrativa: são objetivos que andam juntos.

FONTE: SEGS

Posts relacionados

Pastos biodiversos, um passo adiante?

Pastos biodiversos, um passo adiante?

À medida que os campos passaram a ser cultivados, houve (e há) uma tendência de substituição das pastagens naturais por monocultivos, ou, na melhor das hipóteses, misturas de duas espécies.