fbpx
Escolha uma Página

95 anos de inovação

por | 31 jul 2020 | Inovação

Amanhã, dia 1º de agosto, a Frísia Cooperativa Agroindustrial completa 95 anos. Ao longo dessas décadas, em algum momento, a cooperativa participou ou protagonizou movimentos inovadores que merecem, neste artigo, serem destacados.

O primeiro deles foi logo na sua origem. Em 1925, em um período em que o Brasil importava alimentos e de longe não era referência em produção – com pouquíssimas exceções –, os produtores rurais criaram uma cooperativa para otimizar, organizar e aumentar a produção. Naquela época, viram que juntos eram muito mais fortes do que sozinhos, que o todo é mais importante e que resultados positivos são conquistados com união.

Também como exemplo de inovação foi a possibilidade de ampliar as áreas de comercialização dos produtos. Vender o que se produz, criar relações comerciais e gerar riquezas. Isso também em um período em que muitos produtores trabalhavam apenas por subsistência.

Para elevar a qualidade, na década de 1940, também como parte da história da Frísia, outro período de imigração trouxe gados holandeses puros, que se adaptaram muito bem ao clima dos Campos Gerais. Nesse período, também foi iniciado o processo de introdução da cultura mecanizada.

O sistema de plantio direto, por sinal, surgiu nessa região e revolucionou o agronegócio brasileiro. Com a palhada, a terra ganhou condições de produzir mais e melhor, resguardando os nutrientes, reduzindo erosões e gerando produção de qualidade.

A Frísia sempre focou no atendimento ao cooperado e seus colaboradores. Isso da porteira para dentro, mas também fora dela.

A assistência técnica é algo fundamental para que todos falem a mesma língua e trabalhem em condições semelhantes, padronizando processos e resultados. Além disso, há muito de inovador em agregar valor ao que se é produzido.

Nesse ponto, além dos produtos de marca própria, como a Sementes Batavo e a Rações Batavo, a Frísia – pelo sistema de intercooperação Unium, com as cooperativas coirmãs – industrializa o que as propriedades criam. A cooperativa inova em não se limitar a apenas cultivar trigo, mas em beneficiar farinha; inova em não fornecer apenas leite, mas no envase e distribuição nas gôndolas; e também inova ao não apenas criar suínos, mas em apresentar os melhores cortes na mesa do brasileiro.

O produtor ganha ao vender o que cultiva e cria ao passo que também fatura ao comercializar no varejo. A verticalização da produção é uma forma inovadora. Todo o seu processo de surgimento e história tem a inovação como grande parceira. Ao ler este artigo, lembre-se da também inovadora Plataforma Digital Agro.

Parabéns Frísia, cooperados e colaboradores pelos 95 anos de inovação!

Posts relacionados

Pecuária digital e seus impactos nos sistemas produtivos

Pecuária digital e seus impactos nos sistemas produtivos

A consolidação do sistema de inovação constituirá importante vantagem competitiva para a produção nas economias emergentes, rompendo as fronteiras entre as ciências tradicionais pelos avanços em biotecnologia, tecnologia da informação e comunicação (TIC), automação, transformação digital.