fbpx
Escolha uma Página

Drones no Campo: funções e vantagens do seu uso

por | 15 jul 2020 | Tendência

O uso de drones no campo vem ganhando cada vez mais força. E o agronegócio é um dos setores que faz muito uso dessa tecnologia incrível e facilitadora.

O que são drones?

Chamados de VANTS (veículos aéreos não tripulados), não possuem um “piloto” e são controlados de forma remota por uma pessoa.

Os drones no campo possuem as mais diversas funções, que vão desde sistema de segurança a demarcações de plantio.

Funções de drones no campo

Os drones ganharam espaço no campo. Essa tecnologia que vem sendo aplicada à agricultura de precisão, visando otimizar alguns processos e aumentar a produtividade.

Os VANTs possuem a habilidade de realizar imagens de alta qualidade. Utilizadas em softwares supermodernos, proporcionam a análise dos mais diversos aspectos do campo.

1) Demarcação de áreas

Com a visão aérea possibilitada pelo drone, é possível ter mais propriedade para fazer a demarcação de áreas.

Ao passo que, para saber em que área plantar, por exemplo, essa ferramenta tecnológica proporciona uma visão do alto de forma fácil e ágil.

De acordo com as imagens captadas, é possível analisar quais são as áreas do local escolhido são mais propícias para o plantio.

2) Monitoramento

Com os drones no campo, é possível fazer monitoramento da contagem do gado na fazenda. Assim como, pode-se verificar se há animais feridos, ausentes ou até mesmo em nascimento. Alguns modelos possuem câmeras de imagem térmica.

Outra função de monitoramento é do sistema de irrigação, desmatamento e plantações.

Com eles também consegue-se explorar áreas de difícil acesso e até mesmo encontrar focos de incêndios e controla-los.

3) Vigilância

É possível utilizar os drones no campo, com o intuito de proteger de áreas vulneráveis como fronteiras ou para vigiar as divisas da propriedade, roubo e/ou contagem de gado.

4) Detecção de pragas

Por meio do uso de sensores e de imagens de altíssima qualidade feitas após o voo, é criado um mapeamento de pragas e doenças na plantação.

Essas imagens permitem que o produtor diferencie as plantas saudáveis, das infectadas e, inclusive, de forma eficaz, como está sendo a proliferação da praga.

5) Aplicação e pulverização de pesticidas

Alguns modelos de drones possibilitam fazer pulverização de forma precisa, em locais exatos. De fato, essa função ajuda na economia de produto em até 50%, de acordo com a Horus, empresa especializada em drones.

Além disso, proporciona maior segurança por não ter uma pessoa próxima.

6) Análise da plantação

Esse é o recurso mais conhecido dos drones no campo.

Ele é muito utilizado para analisar as plantações e para detectar falhas no plantio, excesso ou falta de irrigação e verifica até mesmo a coloração da planta para saber se há presença de pragas, doenças, entre outros.

Por que investir em drones no campo?

Essas pequenas aeronaves não tripuladas têm revolucionado diversos setores, possibilitando ganhos de produtividade, segurança e até mesmo redução dos custos operacionais, tempo e de produtos.

Portanto, a utilização dos drones no campo têm sido uma grande aliada das grandes plantações que buscam excelência na produção de alimentos e floresta de alta produtividade.

Além disso, o ROI (retorno sobre o investimento), no uso de drones no campo é, em vários casos, muito rápido, alcançando um número positivo em apenas uma colheita.

Para escolher qual atende melhor a necessidade da sua fazendo, faz-se necessário conhecer as diferenças entre eles.

Por fim, os drones podem ser classificados conforme o número de hélices, tamanho ou alcance.

Posts relacionados

Pecuária digital e seus impactos nos sistemas produtivos

Pecuária digital e seus impactos nos sistemas produtivos

A consolidação do sistema de inovação constituirá importante vantagem competitiva para a produção nas economias emergentes, rompendo as fronteiras entre as ciências tradicionais pelos avanços em biotecnologia, tecnologia da informação e comunicação (TIC), automação, transformação digital.