Uma alternativa sustentável para substituir óleo diesel está sendo desenvolvida nos EUA. No dia 19 de agosto foi anunciado um acordo entre as empresas Archer Daniels Midland Co. (ADM) e a Marathon Petroleum Corp. (MPC), ambas americanas. O objetivo é formar uma joint venture para produzir produzir diesel à base de soja.

Segundo informações divulgadas pelo Agrolink, a joint venture será proprietária e operará o complexo de processamento de soja da ADM previamente anunciado em Spiritwood, Dakota do Norte, EUA, com a ADM detendo 75% da joint venture e a MPC detendo 25%. A instalação Spiritwood será concluída em 2023 e será responsável por fornecer, processar a soja local e fornecer o óleo de soja resultante exclusivamente para a MPC. 

É esperado que o complexo de produza aproximadamente 600 milhões de libras de óleo de soja refinado anualmente, matéria-prima suficiente para aproximadamente 75 milhões de galões de diesel renovável por ano. Além da joint venture Spiritwood, as empresas preveem trabalhar juntas para explorar outras oportunidades para a agricultura para apoiar combustíveis renováveis de transporte. 

“A ADM sempre esteve na vanguarda dos combustíveis inovadores feitos da natureza e estamos em uma posição única para tomar medidas para reduzir a intensidade de carbono de nossos negócios e liderar nossa indústria enquanto vivemos nosso propósito”, disse Ken Campbell, presidente da América do Norte Óleos, Biodiesel e Produtos Químicos Renováveis na ADM. “Já fornecemos à MPC óleo de soja para a produção de diesel renovável, mas esse acordo expandirá significativamente nosso relacionamento de colaboração’, completou. 

(Com informações de Agrolink)