fbpx
Escolha uma Página

Tecnologias sustentáveis no agronegócio ganham espaço no Brasil

por | 24 abr 2020 | Sustentabilidade

Iniciamos este artigo com a seguinte pergunta: em qual setor temos uma das melhores condições de inovar, conforme nosso histórico geográfico, cultural, social e claro, econômico?

A resposta é: pelo agronegócio.

Há décadas o Brasil iniciou sua jornada até se tornar um dos principais produtores e exportadores de alimentos do mundo.

Aumentar o rendimento da produção agrícola em um país de clima quente foi uma tarefa que exigiu esforço e dedicação científica. Desde 1975, segundo dados da Embrapa, a produção brasileira aumentou e muito. O agronegócio cresceu — e com qualidade desde então.

A agroindústria é um dos pilares que fazem o Brasil ser visto como referência no mercado internacional.

No setor da agricultura, por exemplo, muitas soluções têm vindo da chamada “tecnologia verde” ou “agricultura 4.0”, que têm como principais objetivos diminuir os impactos ambientais causados pelas atividades agrícolas, gerar menos desperdício, melhorar a eficiência da utilização de insumos, reduzir custos e também, aumentar a segurança dos trabalhadores do campo.

Um belo exemplo é a digitalização de formatos para economizar recursos como água, e diminuir uso desnecessário de defensivos agrícolas.

A agricultura 4.0 consiste na tecnologia de ponta, na automatização de processos e na análise de dados em larga escala na produção agrícola.

Para se manter competitivo no mercado, o Brasil precisou se transformar, ou seja, tornar a agroindústria mais sustentável e não exploratória, afinal, muitos países têm sido cada vez mais cuidadosos com os produtos agrícolas internacionais que consomem.

Conforme a Embrapa, hoje a tecnologia é responsável por 59% do crescimento do valor bruto da produção aqui no Brasil.

Mas quais são as vantagens da tecnologia sustentável no agronegócio?

Práticas sustentáveis mostraram-se mais eficientes em qualquer setor do que as convencionais, e estão ganhando cada vez mais espaço na agroindústria por outros fatores, entre eles, o ganho de vantagem competitiva. Dentro de um mercado acalorado, quem vende produtos confiáveis e de maior qualidade sai na frente.

Como o Brasil está adotando práticas sustentáveis no agronegócio?

É indispensável entender que cada processo possui suas particularidades antes de começar a analisar o modo como eles são realizados.

Abaixo citamos alguns dos principais:

– Agricultura de precisão (AP)

Resumidamente, é aplicar alta tecnologia no campo, como por exemplo, a utilização de tecnologias de referenciamento e posicionamento através de um sistema de GPS avançados, sendo possível gerir o campo metro a metro, ajudando o produtor a aumentar o rendimento de sua lavoura, minimizar os impactos ambientais e melhorar a qualidade do produto.

– O uso eficaz da água

Instalação de torneiras de acionamento automático, reaproveitamento de água para fins não potáveis, captação de água da chuva, entre outros, de modo a aumentar a produção e reduzir o desperdício.

– Autonomia das máquinas agrícolas

Não é ficção, essa possibilidade futurística com máquinas onde robôs fazem parte do trabalho braçal, já é realidade no mercado brasileiro.

Existem vários modelos de maquinários agrícolas completamente automatizados, que se orientam por câmeras, sensores e/ou GPS, e podem assumir responsabilidades no campo com segurança e eficácia.

– Bioenergia

Os métodos para o combate ao aquecimento global têm como foco, o investimento de alternativas limpas de geração de energia, fortalecendo fontes de energias renováveis e soluções inteligentes para redução do consumo de combustíveis fósseis.

O biogás é uma das opções eficientes de fontes renováveis de energia. Ele tem o poder ser transformado em eletricidade e também pode ser utilizado como combustível verde.

O crescimento da agroindústria está cada dia mais associado à recuperação, preservação e valorização dos seus recursos naturais.

É importante ressaltar que, para adotar essas tecnologias sustentáveis que claramente contribuem para uma agricultura melhor, o caminho não é nada complexo.

Porém, é necessário fazer um bom planejamento para que os investimentos sejam bem direcionados.

Como fazer uma gestão sustentável no agronegócio?

Os métodos de uma boa gestão precisam combinar desenvolvimento com pesquisa, comunicação assertiva, pesquisas e legislação.

Eles vão além do plantio e processamento, pois levam questões como as operações internas e externas.

Com o perceptível avanço da tecnologia, as empresas do setor ganharam mais velocidade e segurança na divulgação de dados, ocasionando em análises mais claras e melhores tomadas de decisão.

Sendo assim, é indispensável que produtor rural acompanhe as tendências do setor para garantir e decidir quais serão as melhores práticas e ferramentas dentro de sua capacidade e necessidade.

Posts relacionados

Pecuária digital e seus impactos nos sistemas produtivos

Pecuária digital e seus impactos nos sistemas produtivos

A consolidação do sistema de inovação constituirá importante vantagem competitiva para a produção nas economias emergentes, rompendo as fronteiras entre as ciências tradicionais pelos avanços em biotecnologia, tecnologia da informação e comunicação (TIC), automação, transformação digital.