Estamos em ano de Copa do Mundo e não são apenas os jogadores que precisam se preparar para os jogos! No Catar, uma equipe de profissionais está aplicando técnicas inovadoras para melhorar a qualidade da grama dos estádios onde serão os jogos.

A temperatura no estado do Golfo pode chegar aos 40ºC em dezembro! Por isso, os responsáveis estão tentando “imitar o inverno”, para garantir as melhores condições do gramado. Entre as técnicas eles vão apostar em um sistema que libera ar gelado na grama. É como se o estádio tivesse um dia de spa! E o tratamento especial não para por aí! Os campos são regados com água do mar dessalinizada em um processo de uso intensivo de energia.

A equipe mantém 144 campos em perfeito estado utilizando esse sistema. “As condições do tempo e o clima, juntamente com o nível de critérios de desempenho que estabelecemos para nós mesmos, tornam extremamente desafiador desenvolver o produto de que precisamos. Mas conseguimos”, disse à Forbes Agro, Haitham Al Shareef, engenheiro civil sudanês que trabalha nos campos do Catar desde 2007.

De acordo com o engenheiro, o Catar transporta anualmente 140 toneladas de sementes de grama dos Estados Unidos em aeronaves climatizadas. Durante o inverno, cada campo utiliza 10.000 litros de água dessalinizada todos os dias. No verão esse número aumenta para 50.000 litros.

Para estarem preparados para qualquer imprevisto, o país possui uma reserva de grama de 425.000 metros quadrados – cerca de 40 campos de futebol –, que está sendo cultivada em uma fazenda ao norte de Doha.

(Com informações Forbes Agro)